header-blog-UCPel

Blog do EAD UCPel

Saiba a diferença entre vestibular agendado e tradicional

Postado em 31 de jan de 2019

Mesmo com a popularização do Exame Nacional do Ensino Médio, muitas universidades públicas e privadas mantêm processos seletivos próprios como o principal canal de admissão de novos estudantes. São os vestibulares, mecanismos que ampliam as chances de garantir uma vaga na educação superior.

O vestibular é um exame de admissão cobrado por instituições para testar o nível de conhecimento dos candidatos. Assim, os mais bem preparados acabam se destacando e garantindo o seu bilhete de passagem do ensino médio para a graduação. Fica a cargo das próprias universidades definirem as regras do processo de seleção.

Com o objetivo de garantir mais comodidade aos vestibulandos, são disponibilizados alguns tipos de exames, a exemplo do vestibular agendado. Além dessa modalidade, neste artigo, você vai conhecer outros dois formatos, o tradicional e o continuado. Fique ligado!

 

Vestibular tradicional

Como o próprio nome diz, o vestibular tradicional é o mais usado pelas universidades e tem um formato padrão.

Nessa modalidade, a instituição apresenta as regras de seleção e detalha o cronograma, incluindo a data de realização do exame e de divulgação dos resultados, por exemplo.

É no edital do processo seletivo que o vestibulando encontra os conteúdos que serão exigidos nas provas e também o formato das questões, que podem ser de múltipla escolha, discursivas, ou ambas. Nesse tipo de seleção, os candidatos fazem as provas ao mesmo tempo e de forma presencial.

Mas o que cai no vestibular tradicional? São cobrados conteúdos do ensino médio vistos nas principais disciplinas: Física, Química, Geografia, História, Matemática, Biologia e Língua Portuguesa. Provas de Língua Estrangeira (Inglesa ou Espanhola) costumam fazer parte da prova.

Vestibular agendado

O vestibular agendado prima pela comodidade do concorrente. Em vez de fazer as provas em data única, o candidato tem a chance de reservar o dia de acordo com a sua disponibilidade de horário e de preparo. O conteúdo cobrado pode ser igual ao do vestibular tradicional e abranger as matérias dos três anos do ensino médio, como também pode se tratar apenas de uma redação, dependendo da universidade.

No vestibular agendado, em geral, a instituição elabora um calendário com possibilidades de datas e o inscrito seleciona aquela que julgar mais interessante. Assim, pode-se fazer a prova em um dia de semana ou à noite, por exemplo. Nos vestibulares tradicionais as provas, quase sempre, são realizadas aos fins de semana.

Ao optar pelo vestibular agendado, o concorrente pode ampliar a sua participação em processos seletivos, evitando eventuais conflitos de datas. Esse tipo de exame costuma ser realizado em uma única etapa. Dependendo da escolha, a prova pode ser aplicada individualmente ou para um grupo pequeno de pessoas.

Vestibular continuado

Outra modalidade de vestibular é o continuado, também chamado de seriado. Esse tipo de processo seletivo permite que as provas sejam realizadas de forma fracionada, em três anos. Assim como no vestibular tradicional, as provas são agendadas em uma data única para todos os participantes.

O vestibular continuado funciona assim: sempre ao fim de cada uma das séries do ensino médio, o vestibulando participa do exame e resolve questões relacionadas àquele ciclo. Ao fim do ensino médio, o candidato opta pelo curso desejado e fica sabendo se a nota geral alcançada é suficiente para garantir a vaga.

Em todas as modalidades (vestibular agendado, tradicional ou continuado), a universidade participante divulga edital específico, contendo as normas de inscrição e de matrícula.

Quer saber mais sobre vestibular? Assine nossa newsletter!

 

EAD UCPel

Por EAD UCPel

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus amigos!