Mercado de Trabalho

Resolução de problemas: como desenvolver essa skill tão valorizada?

Por Redação   | 

 Tag: Mercado de Trabalho

Em um mundo cada vez mais complexo e mutável, profissionais e empresas precisam se adaptar para se manterem competitivos.

O desenvolvimento de novas habilidades se mostra cada vez mais necessária e valorizada, em especial a resolução de problemas.

Solucionar problemas complexos vai muito além da decisão sobre empecilhos simples do dia a dia no trabalho. Envolve a capacidade de criar soluções fora dos métodos tradicionais, por meio de processos bem definidos para responder a questões nem sempre determinadas.

A resolução de problemas é apontada também pelo Fórum Econômico Mundial como uma das habilidades do futuro, já que cada vez mais teremos que atuar dentro de um contexto de revolução tecnológica.

Você vai ver a seguir algumas dicas de como desenvolver essa habilidade.

As principais características da resolução de problemas

A resolução de problemas permite aos indivíduos encontrarem soluções para os problemas de forma eficiente e eficaz. É considerada uma competência interpessoal, uma soft skill, na expressão em inglês, e não uma competência técnica, uma hard skill.

Um estudo internacional da iCIMS descobriu que os recrutadores valorizam mais as habilidades pessoais. Nesse contexto, a habilidade interpessoal mais importante identificada foi a capacidade de resolver problemas, com 62% dos recrutadores procurando pessoas que possam encontrar soluções.

São vários os motivos que fazem essa habilidade ser tão importante:

  • É uma habilidade vital para sua vida profissional e pessoal;
  • Aqueles com boas habilidades de resolução de problemas são um ativo valioso e confiável em qualquer equipe: são as pessoas que pensam em novas ideias, melhores maneiras de fazer as coisas e tornam mais fácil para as pessoas entenderem as coisas;
  • Bons solucionadores de problemas são pensadores proativos que gostam de agir;
  • É uma habilidade chave que é avaliada em entrevistas de emprego;
  • Empregadores gostam de ver boas habilidades de resolução de problemas porque ajuda a mostrar a eles que você tem uma gama de outras competências, como lógica, criatividade, resiliência, imaginação, pensamento lateral e determinação;
  • É uma habilidade essencial para líderes e todas as funções de nível sênior;
  • Desenvolver essa capacidade pode ajudá-lo a progredir mais rapidamente e aumentar suas oportunidades de carreira.

Apesar de ser considerada uma habilidade do futuro do trabalho, pesquisas mostram o quanto a resolução de problemas já é valorizada pelas empresas hoje e o quanto é fundamental para o aumento da automação e indústria 4.0.

Portanto, compreender os componentes críticos envolvidos na solução de problemas vai te ajudar a melhorar esse conjunto de habilidades. Assim você vai conseguir usá-lo para gerar mais resultados na sua própria vida, como crescer na carreira, conseguir uma promoção ou demonstrar sua experiência em uma entrevista de emprego.

Resolver problemas de alta complexidade significa analisar as questões de forma clara e objetiva, apresentando novas perspectivas para solucioná-las de maneira criativa.

Profissionais que não têm medo de fazer perguntas, que dão atenção aos detalhes, que concluem a partir de uma análise estruturada e que são capazes de demonstrar paciência e autocontrole são os que possuem características fundamentais de um bom solucionador de problemas.

Tenha também em mente a importância de desenvolver a inteligência emocional, que é a capacidade de se conectar com o meio social e de produzir os melhores resultados dessas conexões.

O princípio dos métodos de resolução de problemas

Existe um percurso traçado quando se aplicam estratégias de resolução de problemas. Essa trajetória costuma ser descrita por meio de algumas etapas, que podem variar de terminologia, mas se referem ao mesmo contexto:

  • Identificação da situação: reconhecer que há um problema a ser resolvido;
  • Distinção do problema: especificamente o que se precisa resolver e como isso será feito;
  • Investigação: estudar formas de chegar ao objetivo, quais meios e objetos empregar;
  • Planejamento: desenvolver a solução levantada na investigação, empregando melhorias às ideias iniciais;
  • Execução: realizar o previsto para atingir a resolução do problema.

Dicas práticas para desenvolver a resolução de problemas no dia a dia

Com a importância da resolução de problemas complexos aumentando no mercado de trabalho, desenvolver essa habilidade é um passo importante para quem quer crescer no ambiente profissional.

Listamos aqui algumas dicas para começar a estimular esse tipo de pensamento:

  • Mantenha o hábito de aprendizado – não só de conhecimentos atrelados à sua função ou cargo, mas também em outras áreas de conhecimento;
  • Faça exercícios de pensamento lógico;
  • Inclua na sua rotina práticas que estimulem a criatividade;
  • Conviva com pessoas de diferentes culturas e experiências de vida.

Mas o processo de resolução de problemas também possui uma ordem a ser seguida, com o objetivo de organizar e estruturar as respostas certas para cada situação.

Confira aqui, alguns desses passos:

1. Estruturar o problema

Significa pensar antes de agir e estruturar o contexto e as circunstâncias do tema que está em discussão e organizar quais perguntas precisam ser respondidas, antes de começar a executar qualquer ação.

É a fase mais crítica de todo o processo. Aqui, são definidas as hipóteses de trabalho, a abordagem que será utilizada e quais análises serão necessárias.

2. Realizar análises

O propósito de realizar análises é comprovar (ou não) as hipóteses definidas na primeira etapa. Esta fase deve contemplar um plano de trabalho que inclua coletar dados, priorizar os passos mais importantes e definir como será a execução.

3. Traduzir resultados em insights e recomendações

Com base nos fatos e dados coletados, essa é a hora de constatar quais suposições foram comprovadas e quais não. A partir disso, é que se determinam as recomendações que resolverão a questão. Pense em ações possíveis, delegue funções e aí sim, execute o plano.

Invista no desenvolvimento de novas habilidades com uma pós-graduação EAD

Deu para perceber que manter o hábito do aprendizado constante é uma das ferramentas mais utilizadas para desenvolver a habilidade de resolução de problemas.

Para você aprender ainda mais, a Pós +Carreira EAD UCPel oferece cursos de pós-graduação EAD que complementam sua formação profissional.

As especializações são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC)

Conheça os cursos de pós-graduação EAD da Católica de Pelotas.

Comece sua pós-graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.


Este guia sobre resolução de problemas foi útil para você? Acompanhe o Blog do EAD UCPel para mais conteúdo sobre carreira, soft skills e mercado de trabalho: