A área de Recursos Humanos é um prato cheio para quem gosta de lidar com pessoas e profissões.

Mas é também um setor inspirador para quem se dá bem ao trabalhar com métricas, indicadores e análises, e planeja trilhar uma carreira estratégica.

Sabia disso?

Então, que tal descobrir tudo sobre a área de Recursos Humanos?

É só avançar no texto e conferir todas as dicas!

O que é Recursos Humanos?

recursos humanos o que e

Recursos Humanos são as pessoas que trabalham em todos os níveis de uma organização. 

Aliás, essas pessoas são responsáveis por gerir outros recursos, como os materiais, por exemplo.

Pode-se afirmar que os Recursos Humanos são o capital intelectual de qualquer empresa.

Por isso, inclusive, é que existe uma área dedicada à gestão de pessoas, que também recebe o nome de Recursos Humanos. 

O que faz a área de Recursos Humanos?

A área de Recursos Humanos é responsável por conciliar os interesses das empresas e dos funcionários. 

A atuação do setor inclui o departamento pessoal e a gestão de pessoas.

A primeira assume tarefas mais administrativas, como folha de pagamento e distribuição de holerites.

A segunda, por sua vez, além de selecionar talentos, tem a incumbência de preparar e apoiar os profissionais para que cresçam em suas carreiras.

Mas essa é uma visão bem breve e resumida do setor de Recursos Humanos.

Ao longo do artigo, você ficará por dentro de mais detalhes sobre a área.

Quais os benefícios do RH para empresa?

recursos humanos quais beneficios rh para empresa

Se as pessoas são os recursos vivos e inteligentes de uma organização, elas precisam ser zeladas.

Além disso, também é importante que os interesses da empresa sejam levados em conta.

Concorda com tudo isso?

Então, saiba que esse é o papel do RH. E, quando ele é desempenhado com excelência, os benefícios podem ser notados. Confira:

Retenção de talentos

Encontrar profissionais qualificados e alinhados aos objetivos da empresa é um desafio e tanto. 

Inclusive, há um custo alto com processos seletivos. 

Mas, assim como é difícil contratá-los, também é um trabalho duro para mantê-los na organização. 

Quando o RH executa seu trabalho, as chances de reter um talento são bem maiores.

Desenvolvimento dos colaboradores

Muitas vezes, os colaboradores possuem habilidades comportamentais excelentes e seus valores são compatíveis com o da organização, mas faltam algumas competências técnicas para a execução do trabalho. Ou vice-versa.

Nesses casos, o RH atua para que os profissionais se desenvolvam e busquem corrigir as vulnerabilidades. 

O funcionário ganha por ficar mais preparado, e a empresa por ter um colaborador completo.

Monitoramento de métricas

As métricas de RH também são chamadas de KPIs. O termo, em português, significa Indicadores-chave de Performance.

Eles são usados para medir se os objetivos estão sendo alcançados.

Com isso, é possível monitorar a performance de cada funcionário e o desempenho das equipes no geral.

Isso, certamente, contribui para a produtividade e para os resultados da empresa. 

Uma das principais métricas é a avaliação de desempenho.

Avaliação de desempenho

Como o nome sugere, a avaliação de desempenho é uma ferramenta usada para identificar o desempenho de funcionários e equipes. 

Existem vários meios de aplicá-la. 

Seja qual for o método utilizado, o objetivo principal é saber se o que é esperado está sendo cumprido e identificar quais são os aspectos que precisam de melhorias.

A origem do RH

recursos humanos origem

A atividade de Recursos Humanos surgiu no século XX, logo após a revolução industrial. 

Na época, havia forte impacto nas relações entre empregador e empregado, e o RH começou a ser uma mediador entre as duas partes. 

Passado e presente do RH

Inicialmente, a área recebeu o nome de Relações Industriais, e seu foco, basicamente, era minimizar os conflitos existentes entre os dois lados no trabalho.

Aos poucos, outras necessidades foram observadas, e o RH começou a ampliar sua atuação.

Em 1950, a presença dos sindicatos já era potente, e foi aí que começaram a discutir a importância de ter um departamento específico. O nome, então, foi substituído de Relações Industriais para Administração de Pessoal. 

Já na década de 90, a Administração de Recursos Humanos – ARH ganhou espaço devido ao crescimento das organizações. 

E, de lá pra cá, foi evoluindo, até chegar hoje, ao que chamamos de RH 4.0, que faz uso inteligente das ferramentas digitais com atuação estratégica e gestão comportamental.

Exemplos de sistemas de Recursos Humanos

recursos humanos exemplos de sistemas

Entre as principais ferramentas utilizados pelo setor de Recursos Humanos atualmente estão:

Centralização de dados

São sistemas que permitem centralizar as informações em um só lugar para gerenciar mais facilmente todos os dados.

Automatização do processo seletivo

A triagem de currículos já pode ser feita usando softwares de recrutamento e seleção. 

É possível filtrar as competências dos candidatos para avaliar se eles têm a qualificação mínima para prosseguir no processo. 

Geração de relatórios

O RH lida com vários dados e precisa apresentar constantemente relatórios sobre os números e resultados. 

Há sistemas que transformam tudo isso em gráficos, dashboards, quadros e outros elementos visuais.

Quais são as tendências de RH?

recursos humanos quais sao tendencias rh

Algumas das tecnologias já estão em andamento, mas ainda em passos lentos. 

A ideia é que elas sejam postas em prática cada vez mais daqui em diante.

Conheça as principais tendências para o RH:

Big Data

O Big Data possibilita a análise de grandes volumes de dados, e o RH tem muitos deles. 

A expectativa é que, no futuro, todas as empresas consigam usar a tecnologia para gerenciar as informações dos funcionários e otimizar cada vez mais a gestão de pessoas e a contratação de novos talentos.

Novas tecnologias

As tecnologias emergentes, como a Inteligência Artificial, podem facilitar o trabalho do RH. 

A IA, por exemplo, é capaz de aprender a tirar dúvidas dos candidatos e até mesmo reconhecer as emoções em entrevistas. 

Tudo isso sem interferência humana.

Mídias sociais

Hoje em dia é difícil encontrar alguém que não esteja conectado às mídias sociais. 

Por isso, a ideia é o RH usá-las para promover o engajamento dos funcionários. 

As redes corporativas, inclusive, são excelentes ferramentas para esse propósito.

Gamificação

A gamificação, que consiste na aplicação de técnicas de jogos, já é bastante usada para a integração de novos funcionários e treinamentos internos, mas ela também tem grande potencial para ser utilizada em processos seletivos.

Quais são os indicadores de Recursos Humanos?

recursos humanos quais sao indicadores

Como vimos, a área de Recursos Humanos pode utilizar uma série de métricas para medir se os resultados estão sendo atingidos. 

Entre os principais indicadores estão:

  • Absenteísmo
  • Clima organizacional
  • Índice de reclamações trabalhistas
  • Índice de retenção de talentos
  • Índice de rotatividade
  • Produtividade
  • ROI de treinamentos.

Mensuração dos indicadores do RH

Mas, afinal, por que é tão importante assim mensurar esses indicadores?

Bem, a partir deles, é possível avaliar o que tem surtido o efeito esperado e o que é necessário melhorar.

Ou seja, essa é uma atividade de extrema relevância, que tem relação direta com as decisões estratégicas da empresa.

Estratégias e vantagens do RH

recursos humanos estrategias vantagens rh

O RH, com tantos dados e informações, deve adotar estratégias para melhorar cada vez mais os indicadores. 

Confira só algumas delas:

Integração dos colaboradores

Acolher os novos funcionários é essencial para que eles se sintam ambientados e parte da empresa. 

Além disso, é uma oportunidade enorme de alinhamento com a filosofia organizacional.

Investir em qualificação

Quando o RH investe em qualificação para os funcionários, eles tornam-se mais preparados para executar as atividades. 

Com isso, também sentem-se mais motivados para perseguir resultados. 

Certamente, a empresa ganha com essa produtividade.

Otimizar a comunicação

O setor de Recursos Humanos é o intermediário entre as empresas e funcionários. 

Ou seja, é a área responsável por transmitir as comunicações e alinhamentos. 

Quando o trabalho é bem feito, portanto, todos ficam na mesma página. A transparência é fundamental.

Criar e implantar avaliações

Além da avaliação de desempenho, que é bastante comum, o RH pode elaborar outros modelos de avaliações para identificar diferentes características. 

Tudo, é claro, vai depender do objetivo.

Implantar a gestão de carreiras

O plano de carreira dos empregados também é função do Recursos Humanos. É importante que os profissionais saibam onde estão e onde podem chegar e o que precisam fazer para alçar voos maiores.

Quais os desafios do setor de Recursos Humanos?

recursos humanos quais desafios setor

Certamente, os desafios do setor de Recursos Humanos estão ligados à nova realidade e às tendências do mercado.

A retenção de talentos é uma delas. 

Se, antigamente, o profissional costumava ficar décadas na mesma empresa, hoje, não é bem assim.

Os funcionários precisam de engajamento e alinhamento de propósitos.

Cabe ao RH essa missão.

Além disso, com tanta tecnologia por aí, também é preciso se adaptar e aprender a usá-las. 

Erros comuns que o RH pode evitar

recursos humanos erros comuns rh pode evitar

Como você sabe, o RH lida com pessoas. E, com elas, vêm as expectativas e sonhos. 

Por isso, é preciso tomar muito cuidado para não cometer alguns erros como dar feedback inconsistente e falhar na comunicação, por exemplo.

Afinal, como é que um funcionário vai saber onde precisa melhorar se o RH não é capaz de apontar suas falhas?

Ou, então, como um gestor vai repassar uma informação que ele próprio não conseguiu entender?

Além disso, é preciso tomar bastante cuidado nos processos seletivos. 

Primeiro, porque se não forem conduzidos adequadamente, a contratação tende a ser ineficiente. 

E também porque existem pessoas do outro lado esperando a tão desejada oportunidade.

Em que áreas o profissional de Recursos Humanos pode atuar?

recursos humanos em que areas profissional pode atuar

São várias as áreas que compõem o RH. 

Dependendo da estrutura organizacional, um mesmo profissional pode assumir diferentes processos. 

Ou, em outros casos, há profissionais especializados em cada um deles:

  • Recrutamento e seleção

  • Treinamento e desenvolvimento

  • Cargos, salários e benefícios

  • Avaliação de desempenho

  • Saúde e segurança

  • Relações sindicais

  • Plano de carreira

  • Clima organizacional.

Como é o curso de Recursos Humanos?

É apaixonado pela área de Recursos Humanos, mas ainda não trabalha nela e também não fez um curso?

Bem, então saiba que a formação é essencial para trilhar uma carreira de sucesso.

Isso porque é no curso de Recursos Humanos que o aluno aprende a reconhecer e reter talentos, realizar entrevistas e contratações de pessoal, cuidar da produtividade dos colaboradores, criar e validar planos de carreira e outras particularidades relacionadas a funcionários, como parcerias e benefícios.

Como é o mercado de trabalho para quem faz faculdade de Recursos Humanos?

recursos humanos como e mercado trabalho para quem faz faculdade

Que são várias as funções possíveis na área de RH, você já sabe.

Além de encontrar flexibilidade nas atividades, o aluno que se forma em Recursos Humanos também pode trabalhar em empresas de portes e segmentos diversos.

Afinal, independentemente do ramo, sempre será preciso de profissionais capacitados. 

Quanto ganha um profissional de Recursos Humanos?

O salário do profissional de Recursos Humanos varia de acordo com a atividade exercida, a experiência profissional e a empresa em que atua.

A média salarial para quem está no início da carreira e trabalha em uma organização pequena, por exemplo, é de R$ R$ 1.575,02.

Já um analista de nível master, em uma multinacional, recebe, em média, R$ R$ 6.498,51.

Quais são as soft skills necessárias para trabalhar no RH?

O dia a dia do RH é composto de processos que envolvem as pessoas e procedimentos administrativos.

Por isso, as principais habilidades comportamentais para trabalhar na área são: boa comunicação, excelente relacionamento interpessoal, empatia, inteligência emocional, flexibilidade, visão holística e estratégica, espírito colaborativo e ética. 

Onde fazer faculdade de Recursos Humanos?

recursos humanos onde fazer faculdade

Se você está pensando em fazer faculdade de Recursos Humanos, precisa conhecer o curso da UCPel. 

A graduação em Gestão de Recursos Humanos é ofertada na modalidade EAD.

Ou seja, você pode estudar de onde quiser e quando puder, apenas com um computador conectado à internet.

Os encontros presenciais acontecem com data marcada, a cada 15 dias, então, dá para você se programar.

O curso é tecnólogo e tem duração de dois anos.

Acesse a página da formação e saiba mais!

Conclusão

A área de RH é mesmo de brilhar os olhos, não acha?

E, você, está decidido a seguir carreira em Recursos Humanos?

Se sim, matricule-se já no curso de Gestão em Recursos Humanos da UCPel. 

A graduação tem reconhecimento do MEC e o diploma da universidade tem peso no mercado de trabalho.

Afinal, são 59 anos formando profissionais qualificados para enfrentar os desafios das profissões.

Gostou do artigo? Então, aproveite o espaço abaixo para escrever o seu comentário. 

Inscreva-se no nosso Blog

blog ead ucpel

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT