Tag: Cursos UCPel

Está pensando em cursar Assistência Social, mas ainda precisa entender melhor sobre a profissão?

Esse post foi feito para você. :)

Reunimos abaixo as principais informações que você precisa saber sobre o curso e sobre a carreira de assistente social.

Dá uma conferida na lista de tópicos que você vai encontrar neste artigo:

 

O que significa serviço social?

A diferença entre assistência social e serviço social

Quais as áreas de atuação do profissional formado em assistência social?

O que é preciso para atuar como assistente social?

Graduação em serviço social

Registro no conselho da sua região

Código de Ética

Quanto ganha um assistente social?

Perfil do estudante da graduação em serviço social

Como é a graduação em Serviço Social?

Duração do curso

Grade curricular

Estágio

TCC

 

O que significa serviço social?

Serviço social é a profissão responsável por elaborar, gerir e executar políticas capazes de promover o bem-estar social e a defesa dos Direitos Humanos.

Garantir o acesso da população à educação, à saúde, à moradia e à justiça está entre suas atribuições.

Desse modo, os assistentes sociais podem estar inseridos em qualquer organização pública ou privada que tenha como propósito atender uma necessidade básica de uma comunidade.

O serviço social é de extrema importância dentro de uma sociedade, especialmente nos grandes Estados, para garantir um desenvolvimento socioeconômico justo e igualitário.

o-que-faz-um-assistente-social-e-quais-as possibilidades-de-atuação-do-profissional-Mulher negra olha para a câmera durante uma reunião com outros colegas de trabalho.

A diferença entre assistência social e serviço social

A confusão entre os termos “assistência social” e “serviço social” é bastante comum. A troca costuma ser feita tanto pelos profissionais da área quanto por quem não conhece a profissão.

Mas a diferença é bastante simples:

  • Assistente Social é o profissional formado pelo curso superior de Serviço Social.
  • Serviço Social é o nome do curso de ensino superior, regulamentado pelo MEC, que forma os assistentes sociais e é também o nome oficial da profissão.
  • Assistência Social é uma política pública prevista na Constituição de 1988, assim como Saúde e Educação. Trata-se de um dever do Estado e um direito de todo o cidadão, sendo uma das áreas de atuação dos assistentes sociais.

Já que estamos esclarecendo estas diferenças, cabe explicar também o significado de outro termo bastante associado à área, o assistencialismo.

Imbuído de um teor negativo, assistencialismo diz respeito à prática e à defesa demagógica da assistência para grupos carentes, em detrimento de políticas eficazes que os tirem desta situação de carência e necessidade.

É importante destacar que o assistencialismo diverge dos ideais do Serviço Social, que busca a transformação da realidade e a construção de cenários que garantam os direitos básicos dos cidadãos.

 

Quais as áreas de atuação do profissional formado em assistência social?

O maior número de oportunidades para assistentes sociais, sem dúvida, está no setor público. No entanto, também existe espaço em empresas privadas que atuam nas áreas de saúde, educação e habitação, por exemplo.

Além disso, tem surgido uma nova área de atuação para estes profissionais, a socioambiental. Nesse contexto, o profissional é requisitado para amparar comunidades impactadas por crises ou por desastres ambientais, seja aquelas causadas pela atividade humana ou por eventos naturais.

Confira as principais áreas de atuação do assistente social:

  • Assistência Social Pública: órgãos de bem-estar social; Secretarias Municipais ou Estaduais de Assistência Social, centros de Atendimento à população em situação de risco social (crianças, adolescentes, idosos, migrantes);
  • Saúde pública e privada: Secretarias de Saúde, Unidades Regionais de Saúde, Centro de Saúde, hospitais, clínicas, planos de saúde;
  • Previdência Social: órgãos da previdência social pública ou privada em níveis federal, estadual e municipal;
  • Área Empresarial: indústrias, empresas públicas e privadas, órgãos patronais de Serviço Social (SESC, SESI e SSR);
  • Habitação: órgãos de financiamento e planejamento habitacional, companhias e cooperativas habitacionais;
  • Educação: Secretarias de Educação, escolas públicas e particulares, centros de educação especial, centros de readaptação de crianças, Universidades;
  • Área sociojurídica: Secretarias de Segurança Pública, Delegacias, Forças Armadas, penitenciárias; Tribunais de Justiça, Promotorias, Defensorias Públicas e serviços de Assistência Jurídica;
  • Movimentos Sociais Populares: associação de bairros e/ou moradores, movimentos populares; comunidade de base, núcleos de produção comunitária e cooperativas;
  • Terceiro Setor: Organizações Não-Governamentais (ONGs);
  • Conselhos de Políticas Públicas: conselhos de saúde, conselhos da assistência social, conselho dos direitos da criança e do adolescente conselhos de idosos;
  • Ensino e Pesquisa em Serviço Social: ensino dos conteúdos específicos e supervisão de estágios em Serviço Social e desenvolvimento de pesquisas.

 

O que é preciso para atuar como assistente social? 

 

Graduação em serviço social

Para atuar como assistente social, é preciso, em primeiro lugar, concluir um curso de bacharelado em Serviço Social devidamente reconhecido pelo MEC.

A graduação pode ser feita no modelo presencial, semipresencial ou EAD.

Lembre-se que o diploma de ensino superior é uma ferramenta de extrema importância para o seu crescimento profissional.

 

Registro no conselho da sua região

Além do diploma em Serviço Social, também é preciso, após a conclusão do curso, registrar-se no Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) da sua cidade ou região.

Atuar sem o registro profissional é ilegal e pode gerar punições.

Os conselhos regionais fazem parte do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS), uma autarquia pública federal que tem a atribuição de orientar, disciplinar, normatizar, fiscalizar e defender o exercício profissional do/a assistente social no Brasil.

O registro é feito direto com o CRESS da sua região. Desse modo, as orientações para efetuar a inscrição variam de conselho para conselho.

Entre em contato com o conselho da sua região para saber mais sobre o registro.

Clique aqui para conferir os documentos necessários para a inscrição.

 

Código de Ética

Para exercer a profissão, também é preciso conhecer e comprometer-se com o cumprimento do Código de Ética da/do Assistente Social.

A propósito, Código de Ética dos assistentes sociais completou 28 anos em março de 2021, data que foi comemorada pelo Conselho Regional de Serviço Social do Espírito Santo com o lançamento da 10ª edição da revista do Código de Ética da/do Assistente Social.

 

Quanto ganha um assistente social?

Os valores podem variar de acordo com a instituição empregadora, mas as faixas salariais são as seguintes:

JÚNIOR | R$ 2.100 – R$ 3.500

PLENO | R$ 2.600 – R$ 4.400

SÊNIOR | R$ 3.300 – R$ 5.500

 

Perfil do estudante da graduação em serviço social 

O curso de Serviço Social possui bastante aprofundamento teórico, por isso, é interessante que o estudante goste de ler.

Caso o seu histórico seja de interesse e bom desempenho nas aulas de sociologia e filosofia durante a escola, é bem provável que você se dê bem no curso de Serviço Social.

Além dessas afinidades, é essencial ter uma visão crítica sobre a realidade que o cerca e ter entusiasmo para mudá-la. Afinal, a transformação social é o principal objetivo desse curso.

Empatia, boa comunicação interpessoal e resiliência emocional para lidar com contextos de vida diferentes também são habilidades válidas para o estudante de Serviço Social.

perfil-do-estudante-da-graduação-em-serviço-social-Três jovens carregam caixas de mantimentos com a descrição "ajuda".

 

Como é a graduação em Serviço Social? 

A graduação em Serviço Social é do tipo bacharelado, oferecendo conhecimentos teóricos e práticos sobre a profissão.

É possível cursar essa faculdade nas modalidades presencial, semipresencial e à distância.

Duração do curso

O curso tem duração de quatro anos. Ou seja, oito semestres.

O curso de Serviço Social EAD da UCPel tem uma carga horária de 3.500 horas.

Grade curricular

1º Semestre

 

MÓDULO 1

DI | Introdução ao Serviço Social | 80 HORAS

DI | Questão Social na Sociedade Contemporânea | 80 HORAS

 

PI | Projeto Integrador I-A | 40 HORAS

 

MÓDULO 2

DI | Antropologia Teológica e Direitos Humanos | 80 HORAS

DI | Estado e Sistema de Proteção Social | 80 HORAS

 

PI | Projeto Integrador I-B | 40 HORAS

 

AC I | 20 HORAS

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 420 HORAS

 

2º Semestre

 

MÓDULO 3

DI | Fundamentos do Serviço Social I | 80 HORAS

DI | Produção Discursiva: Oralidade e Escrita no Ensino Superior | 80 HORAS

 

PI | Projeto Integrador II-A | 40 HORAS

 

MÓDULO 4

DI | Antropologia Social | 80 HORAS

DI | Filosofia e Sociologia Contemporânea | 80 HORAS

 

PI | Projeto Integrador II-B | 40 HORAS

 

AC II | 20 HORAS

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 420 HORAS

 

3º Semestre

 

MÓDULO 5

DI | Formação Sócio-Histórica do Brasil | 80 HORAS

DI | Fundamentos do Serviço Social II | 80 HORAS

 

PI | Projeto Integrador III-A | 40 HORAS

 

MÓDULO 6

DI | Ética, Cidadania e Sustentabilidade | 80 HORAS

DI | Ética Profissional do Assistente Social | 80 HORAS

 

PI | Projeto Integrador III-B | 40 HORAS

 

AC III | 20 HORAS

 

4º Semestre

 

MÓDULO 7

DI | Economia Política | 80 HORAS

DI | Trabalho e Sociabilidade | 80 HORAS

 

PI | Projeto Integrador IV-A | 40 HORAS

 

MÓDULO 8

DI | Psicologia Social | 80 HORAS

DI | Família, Segmentos Populacionais e Políticas Sociais | 80 HORAS

 

PI | Projeto Integrador IV-B | 40 HORAS

 

AC IV | 20 HORAS

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 420 HORAS

 

5º Semestre

 

MÓDULO 9

DI | Política de Assistência e Processos de Trabalho do Assistente Social | 80 HORAS

DI | Seminários de Políticas Urbanas, Rurais de Habitação e Movimentos Sociais | 80 HORAS

 

PI | Projeto Integrador V-A | 40 HORAS

 

MÓDULO 10

DI | Metodologia Científica | 80 HORAS

 

Estágio Supervisionado em Serviço Social I | 120 HORAS

 

AC V | 20 HORAS

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 420 HORAS

 

6º Semestre

 

MÓDULO 11

DI | Gestão em Serviço Social | 80 HORAS

DI | Política de Saúde e Processos de Trabalho do Assistente Social | 80 HORAS

 

PI | Projeto Integrador VI-A | 40 HORAS

 

MÓDULO 12

DI | Política de Previdência Social e Processos de Trabalho do Assistente Social | 80 HORAS

 

Estágio Supervisionado em Serviço Social II | 120 HORAS

 

AC VI | 40 HORAS

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 440 HORAS

 

7º Semestre

 

MÓDULO 13

DI | Direitos Humanos e Legislação Social | 80 HORAS

DI | Processos de Trabalho do Assistente Social em Organizações | 80 HORAS

 

PI | Projeto Integrador VII-A | 40 HORAS

 

MÓDULO 14

Estágio Supervisionado em Serviço Social III | 120 HORAS

 

DI | Processos de Trabalho do Assistente Social na Educação | 80 HORAS

 

DI | Optativa I | 80 HORAS

 

AC VII | 40 HORAS

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 520 HORAS

 

8º Semestre

 

MÓDULO 15

DI | Optativa II | 80 HORAS

 

Estágio Supervisionado em Serviço Social IV | 120 HORAS

 

MÓDULO 16

DI | Empreendedorismo | 80 HORAS

 

Trabalho Final de Curso | 80 HORAS

 

DI | Núcleo Flexível | 80 HORAS

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 440 HORAS

 

Estágio

Na faculdade de Serviço Social, o Estágio Supervisionado é obrigatório para a conclusão do curso e obtenção do diploma.

Realizado nas etapas finais do curso, quando o estudante já tem todos os mecanismos para aplicar seus conhecimentos, o estágio é supervisionado por um professor da graduação, que realiza encontros periódicos com o estudante para acompanhar a experiência de trabalho.

O estágio pode durar, no máximo, dois anos, exceto quando se tratar de pessoa com deficiência.

Os estudantes de Serviço Social podem estagiar em procuradorias de justiça, empresas, organizações sem fins lucrativos ou instituições de atendimento hospitalar e assistencial.

Clique aqui para conferir algumas dicas que preparamos sobre o Estágio Supervisionado.

estagio-Homem negro conversa agachado com um idoso cadeirante.

TCC

O Trabalho de Conclusão de Curso é o último item obrigatório para a conclusão do curso de Serviço Social.

Assim como nos demais cursos, o TCC de Serviço Social pode ser um estudo de caso ou um levantamento teórico sobre algum tema específico de interesse do estudante.

 

Ficou interessado em seguir na profissão de Assistente Social?

Aproveite a oportunidade para conhecer a graduação em Serviço Social EAD da UCPel.

No EAD da UCPel, você tem:

  • Preços que cabem no bolso.
  • Seis modalidades de bolsas de estudos e até 100% de desconto na mensalidade com a nota do Enem.
  • Flexibilidade de horários para estudar onde e quando quiser.
  • Reconhecimento no mercado impulsionado pelo renome da UCPel.
  • Corpo docente qualificado e formado por mais de 200 mestres e doutores.

A UCPel é uma universidade comunitária com 60 anos de comprometimento com a educação de qualidade.

Nossas pesquisas mostram uma marca de 82% de satisfação entre os alunos e 70% dos alunos graduados atuando no mercado de trabalho.

Que tal fazer parte dessa história?

Saiba mais sobre o curso EAD em Serviço Social da UCPel!

 

Ah, ainda em dúvida sobre qual graduação cursar? Preparamos um artigo sobre as profissões em alta em 2022 que pode te ajudar!

New call-to-action

Inscreva-se no nosso Blog

New call-to-action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT