estudar em casa 7 dicas valiosas para ser mais produtivo

Vai estudar em casa e precisa de ajuda para ser mais produtivo?

Então, você chegou ao lugar certo.

Preparamos um artigo inteiro sobre isso.

Afinal, o estudo a distância tem crescido bastante e cada vez mais pessoas tem aderido ao formato.

Já são nove milhões de alunos estudando em casa, segundo informações levantadas pela Abed (Associação Brasileira de Educação a Distância) em 2018.

Portanto, é um assunto que vale a leitura.

Continue acompanhando.

O que é preciso para estudar em casa?

Estudar em casa tem inúmeros benefícios.

Em contrapartida, há algumas exigências.

Com relação à estrutura para os estudos, na maioria das casos, é necessário ter um dispositivo com conexão à internet.

De preferência, um computador.

Definir locais específicos para os estudos também é importante.

Isso ajuda a manter a organização e o foco.

Por falar nisso, o comprometimento e a dedicação com os estudos é fundamental para quem estuda remotamente.

Como o ensino a distância proporciona mais liberdade, a disciplina para lidar com essa autonomia é imprescindível.

Vantagens de estudar em casa

estudar em casa vantagens de

No tópico anterior, mencionamos que estudar em casa tem diversas vantagens.

Você, certamente, deve ter ficado curioso para descobrir quais são os prós do ensino a distância.

Então, veja agora os principais benefícios:

Flexibilidade de horário

Uma das principais vantagens do ensino a distância é a flexibilidade de horário.

Estudar em casa permite que o aluno assista às aulas e veja os conteúdos quando puder e achar mais conveniente.

Ou seja, é o próprio estudante quem estabelece o cronograma e a rotina de estudos. 

Isso, inclusive, é um fator significativo para o desempenho estudantil, uma vez que a produtividade tem relação direta com a gestão do tempo.

Sem deslocamento 

Outro grande benefício de estudar em casa é não precisar se deslocar até a instituição de ensino.

No formato tradicional, os alunos precisam assistir às aulas nas unidades estudantis.

O trajeto até os locais consome tempo e dinheiro.

Dependendo ainda da região, sobretudo as que sofrem com problemas de mobilidade urbana, conciliar os estudos com outras atividades, como o trabalho, por exemplo, fica inviável.

Já quem estuda em casa não precisa se preocupar com essa situação.

Autonomia

A era 4.0, que está relacionada à transformação digital, tem impulsionado a mudança de diversos comportamentos da sociedade.

Entre eles, a necessidade de soluções rápidas e eficientes.

Essa condição tem relação com a busca por autonomia, que é uma das características do ensino a distância.

Estudar em casa proporciona aos alunos a liberdade de organizar e conduzir os estudos do modo mais favorável.

Ou seja, os estudantes têm o controle em suas mãos.

Acesso à informação

Estudar em casa requer conexão com a internet.

Afinal, é por meio dela que o estudante consegue acessar os conteúdos e interagir com professores e outros alunos.

A vantagem de estar conectado é poder abrir rapidamente uma nova aba no navegador e buscar informações relacionadas ao tema de estudo.

Isso ajuda não só a elucidar dúvidas que possam surgir, como também a complementar o conteúdo.

Quanto maior é o conhecimento adquirido, maior é o aprendizado alcançado.

Economia

Pensou que todas essas vantagens teriam um custo alto?

Faz sentido esse raciocínio.

Mas saiba que estudar em casa é o oposto disso.

A economia é mais um dos benefícios.

Os cursos a distância são mais acessíveis do que os presenciais.

Você encontra várias opções de formação com mensalidades que cabem no bolso.

Como estudar em casa com autonomia?

estudar em casa com autonomia

Como você viu, a liberdade e a flexibilidade são duas das grandes vantagens de estudar em casa.

Mas essas facilidades têm um preço.

Elas exigem que você desenvolva a sua autonomia.

Ou seja, a capacidade de se programar e cumprir seu cronograma.

Para conquistar essa habilidade, você precisa ter em mente que não há uma fórmula mágica.

Cada pessoa tem seu próprio jeito de lidar com a situação.

Mas três hábitos podem ajudar bastante.

São eles:

  • Faça um bom planejamento 
  • Comece estudando os assuntos do seu interesse
  • Mantenha uma regularidade.

7 dicas para estudar em casa de forma produtiva

Além de aprender a desenvolver a autonomia, é muito importante tomar algumas atitudes para aumentar a sua produtividade nos estudos.

Confira a seguir sete dicas que vão ajudá-lo:

Crie um ambiente adequado

Definir um lugar de estudos é primordial para manter a organização.

Procure criar um espaço ergonômico, com cadeira confortável e mesa de apoio.

Certifique-se também de que o ambiente é silencioso, bem iluminado e arejado.

Tudo isso contribui significativamente para aumentar o seu desempenho.

Tenha uma rotina

Ainda que o ensino a distância permita a flexibilidade de estudar em qualquer horário, é importante estabelecer uma rotina.

Estude nos mesmos horários e dedique a mesma quantidade de horas todos os dias.

Certamente, podem surgir imprevistos e outras prioridades, mas é fundamental se esforçar para cumprir o cronograma.

Estabeleça prioridades

Estabelecer prioridades é uma tarefa que ajuda a otimizar o tempo e fazer entregas com qualidade.

Por isso, ao estudar, organize as matérias e conteúdos deixando o que é mais importante e urgente primeiro.

Só depois, estude os demais assuntos.

Evite distrações

Dar uma olhadinha nas redes sociais, responder às conversas do aplicativo de mensagens instantâneas e assistir o que está passando na TV são alguns exemplos de distrações.

Por mais que essas ações pareçam inofensivas e, muitas vezes, necessárias para recuperar o fôlego, elas podem atrapalhar os estudos.

O ideal é se manter longe delas enquanto estiver estudando, e determinar períodos específicos para realizá-las.

Faça intervalos

Olha aqui os intervalos sobre os quais mencionamos acima.

Eles são fundamentais para a sua produtividade, sabia disso?

Evidentemente, esses períodos de descanso precisam ser controlados para não consumir tanto tempo e fazer com que você desanime de cumprir suas obrigações.

Portanto, estabeleça momentos certos para relaxar.

Planeje-se para os imprevistos

Todo e qualquer planejamento precisa considerar os imprevistos.

Sendo assim, no seu plano de estudos, não se esqueça de deixar alguns períodos livres.

Se algo surgir de repente, você terá tempo para lidar com essas eventualidades.

E se nada fugir do controle, é só aproveitar para adiantar os estudos.

Seja organizado

Já mencionamos isso aqui antes, mas não custa reforçar.

Afinal, a organização é uma das principais características exigidas do estudante remoto.

A organização vale não só para o seu cronograma de estudos, mas também para tudo o que está relacionado ao aprendizado.

É preciso arrumar o seu espaço e os seus materiais.

Ferramentas para estudar em casa

estudar em casa ferramentas para

Todas as dicas apresentadas acima são excelentes aliadas quando colocadas em prática.

Além disso, não podemos nos esquecer da tecnologia, que também está a favor dos estudantes.

Hoje, existem diversas ferramentas que contribuem para melhorar o desempenho nos estudos.

Conheça algumas delas:

Google Drive

O Google Drive é uma ferramenta da empresa Google para armazenamento e compartilhamento de arquivos.

Você pode salvar vários tipos de conteúdo na nuvem e transmiti-los aos seus colegas, por exemplo.

É possível também criar arquivos do zero, como textos, planilhas e apresentações.

Focus To Do

Este aplicativo tem base no método pomodoro.

Essa estratégia consiste em estabelecer períodos maiores para foco total nos estudos e outros menores para o descanso.

Para controlar esse tempo, o app possui um contador, e você pode personalizá-lo como quiser.

Além disso, a plataforma ajuda a organizar tarefas e criar listas.

Tudo isso, em conjunto, contribui para aumentar a produtividade nos estudos.

Trello 

O Trello é um aplicativo bastante conhecido de gerenciamento de tarefas.

Ele, inclusive, é adotado no mercado de trabalho.

O intuito do Trello é organizar grandes projetos com inúmeras ramificações.

Assim, o app auxilia a manutenção dos afazeres e seus respectivos prazos.

Você pode usar individualmente ou criar grupos para compartilhar as tarefas com seus colegas de classe. 

AdBlock

Diferentemente dos demais aplicativos que citamos, o AdBlock visa evitar que os estudos sejam prejudicados pelas distrações externas.

Ou, mais especificamente, por conta das propagandas de sites e outros apps.

Ele remove os anúncios que aparecem durante a visualização de vídeos, artigos e outros formatos.

Dessa forma, ele permite que você não perca o foco nos estudos e, com isso, as suas chances de melhorar seu desempenho são maiores. 

O que não fazer ao estudar em casa

Assim como é importante saber como estudar em casa, é imprescindível ficar por dentro dos erros que não podem ser cometidos.

Veja só o que não fazer:

Não se planejar

O planejamento é essencial para todos os tipos de aluno, até mesmo para os estudantes do ensino presencial.

Imagina, então, a importância dele para quem estuda em casa.

Por isso, não caia na cilada de deixar a vida te levar e estudar quando der.

Planeje-se e dedique-se para cumprir os seus planos.

Não tirar dúvidas

Não é porque você não está em sala de aula que não tem a oportunidade de esclarecer dúvidas.

O ensino a distância tem ferramentas adequadas para consultar os professores.

Use-as sempre que for preciso.

E aproveite também a facilidade de acesso à informação para buscar na internet. 

Não levar a sério

Se você acredita que estudar em casa é mais fácil do que frequentar às aulas presenciais, saiba que essa é uma doce ilusão.

O ensino a distância é tão severo quanto o presencial.

Além disso, ele tem mais desafios, como a autodisciplina.

Afinal, não há um professor em sala de aula cobrando as suas entregas.

Por isso, encare os estudos em casa com a mesma seriedade.

Como a UCPel pode te ajudar a estudar em casa? 

Se você ainda não estuda em casa, mas pretende iniciar o ensino a distância, saiba que a UCPel pode te ajudar.

A Universidade Católica de Pelotas é referência no EAD de qualidade.

São diversos cursos para fazer a distância, de graduação e pós-graduação.

Acesse o site e confira todas as opções de formação!

Conclusão 

E, então, o que achou deste artigo sobre estudar em casa?

Esperamos que tenha gostado.

Se o assunto é do seu interesse, vale ainda outra leitura.

Acesse este conteúdo e confira 5 dicas para potencializar a rotina de estudos.

E não deixe de visitar o site da UCPel EAD para conhecer todos os cursos!

Inscreva-se no nosso Blog

blog ead ucpel

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT