Tag: Prouni

Devido à pandemia do Coronavírus, o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2020 foi aplicado somente em janeiro de 2021.

Com isso, houve uma readequação no calendário de diversos programas que dependem da nota da prova.

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) já informou que neste ano teremos três edições do Prouni (Programa Universidade Para Todos), que é uma das principais oportunidades para ganhar uma bolsa de estudos superior em instituições de ensino particulares. 

Neste ano, já tivemos a primeira edição do Prouni, em janeiro, que permitiu as estudantes usarem as notas do Enem 2020.

A próxima edição está prevista para o início de abril, assim que as notas do Enem 2020 forem divulgadas.

Enquanto isso, confira neste artigo como se inscrever no Prouni e quais são os requisitos do programa. 

Saiba como se inscrever no Prouni

As inscrições do Prouni são feitas diretamente no site oficial e todo o processo é gratuito, sem cobrança de taxas.

Para acessar, é preciso ter uma conta gov.br, que permite o acesso aos serviços digitais do governo federal.

Caso o usuário já tenha essa conta, basta digitar CPF e senha. 

Ao ingressar na plataforma, o estudante deve selecionar, conforme sua preferência, até duas opções de instituição, curso e turno dentre as bolsas disponíveis.

O candidato com deficiência ou que se autodeclarar indígena, preto ou pardo pode optar por concorrer a bolsas destinadas a políticas de ações afirmativas, popularmente conhecidas como cotas.

A inscrição deve ser monitorada diariamente devido a famosa “nota de corte”, que é a pontuação mínima para ingressar em alguma bolsa, correspondendo a nota do último classificado.

Por exemplo: O Prouni está informado que a nota de corte para o Curso de Marketing na Instituição X é de 650 pontos.

A média no Enem de um aluno Z, que deseja ingressar nesse curso, é de 700 pontos.

Isso significa que, pela indicação da nota de corte, esse aluno seria pré-selecionado.

Porém, é preciso ter muito cuidado. A nota de corte é apenas uma indicação de caráter informativo.

O sistema do Prouni não a atualiza em tempo real, mas sim de um dia para o outro. Assim, ao longo da inscrição, outros candidatos podem se inscrever para o curso, aumentando essa nota.

É possível modificar as opções de escolha até o encerramento das inscrições.

Quais bolsas que o Prouni oferece?

O Prouni disponibiliza dois tipos de bolsas, concedidas conforme a renda familiar do candidato. 

Bolsa integral: destinada aos estudantes com renda bruta familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa.

Bolsa parcial: destinada aos estudantes com renda bruta familiar de até 3 salários mínimos por pessoa.

Quem pode participar do Prouni?

Confira abaixo a lista de condições para participar do Prouni. Lembrando que, como regra geral, o candidato ainda não deve ter um diploma de ensino superior.

Estudantes que cumpriram a média mínima no Enem:

Para participar, não basta apenas ter feito o Enem. É preciso obter, no mínimo, 450 pontos de média. Ainda, não pode zerar a redação (que vale mil pontos).

Estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas:

O aluno deve comprovar que cursou todo o ensino médio em escola pública, com duas exceções:

  1. cursou o ensino médio em escola particular na condição de bolsista integral 
  2. cursou uma parte do ensino médio em escola pública uma parte em escola privada como bolsista integral

Pessoa com deficiência 

O Prouni reserva vagas para pessoas com deficiência. Quando o candidato for pré-selecionado, ele deve apresentar junto com o restante da documentação exigida pelo edital, o laudo médico que ateste a espécie e o grau da deficiência, nos termos do art. 4º do Decreto nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença (CID).

Professores com magistério que lecionem em instituições públicas

O Prouni permite que professores da educação básica, que ministram aulas em instituições públicas, concorram a vagas de licenciatura. 

Como documentação, o candidato deve ter o comprovante de efetivo exercício do magistério na educação básica pública como integrante de quadro de pessoal permanente da instituição.

Chamadas do Prouni

O Prouni promove duas chamadas regulares. 

Na primeira chamada, os estudantes pré-selecionados devem comprovar as informações prestadas na inscrição, entregando seus documentos para as instituições de ensino dentro de um prazo máximo. Confira a lista completa de documentos exigidos pelo Prouni.

As vagas que não forem preenchidas na primeira chamada são ofertadas numa segunda oportunidade. O processo de confirmação da bolsa é o mesmo: entregar dos documentos dentro do prazo e aprovação da instituição de ensino. 

Ainda, pode ocorrer das bolsas não serem preenchidas nas duas chamadas regulares. Por consequência, elas são oferecidas na Lista de Espera. Os candidatos precisam manifestar interesse em participar dessa lista. Por isso, fique atento aos prazos e ao seu cadastro no portal do Prouni. 

Conclusão

O Prouni é uma das oportunidades para ingressar no ensino superior e alavancar sua carreira.

E, além das bolsas do Prouni, também é possível negociar diretamente com as instituições de ensino.

Você sabia que no EAD UCPel sua nota do Enem pode garantir descontos na primeira matrícula? É uma grande chance para impulsionar seus estudos com mais economia. 

Confira as condições oferecidas pelo EAD UCPel e invista no seu sonho! 

Inscreva-se no nosso Blog

blog ead ucpel

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT