Mercado de Trabalho

Como colocar que está cursando faculdade no currículo

Por Redação   | 

 Tag: Mercado de Trabalho

Como colocar que está cursando faculdade no currículo? 

Até que ponto esta informação pode comprometer você positiva ou negativamente na hora de ser selecionado para concorrer a uma oportunidade de trabalho? 

Descubra as respostas neste artigo! 

Existem várias formas de preencher um currículo, mas às vezes, nos perdemos com tantas informações, não é mesmo? 

Com a demanda de candidatos no mercado de trabalho, evitar os pequenos deslizes no currículo já pode fazer muita diferença no momento do processo seletivo. 

O currículo costuma ser visto pela área de recursos humanos da mesma forma como um consumidor observa a vitrine de uma loja. 

Pensando nisso, preparamos quais pontos são imprescindíveis para constar em seu perfil profissional e a melhor forma de organizar isso. 

Você vai conferir:

Como colocar que está cursando faculdade no currículo
A estrutura de um currículo perfeito
Quais tipos de curso devem ser incluídos no currículo?
Como chamar a atenção dos recrutadores

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Como colocar que está cursando faculdade no currículo 

Se você busca uma boa oportunidade de trabalho, lembre-se de que seu histórico acadêmico tem muita relevância para o mercado. 

Quanto mais formação na área, mais se pressupõe que o candidato possui a qualificação esperada pela empresa contratante.  

Mesmo que você ainda não tenha se formado e obtido o diploma da faculdade, expresse sua formação no currículo. 

Basta inserir a informação sobre a previsão de conclusão do seu curso, como o mês (de forma abreviada ou por extenso) e ano. 

Estruture essa informação na seguinte ordem:  

  • Nome do curso; 
  • Nome da faculdade/universidade/instituição; 
  • Frase “Previsão de conclusão em” seguida do mês e ano.  

Seja objetivo e breve no seu currículo, destacando apenas os dados relevantes sobre sua formação, conforme estrutura acima. 

Deixe para descrever mais detalhes na sua carta de apresentação. 

Como já dissemos, um currículo precisa ter uma estrutura organizada com as principais informações do candidato. 

É necessário constar, ainda, as formações anteriores, tanto as concluídas quanto os cursos em andamento.

Existem dois modelos para essa estruturação: ordem cronológica e ordem cronológica reversa. 

A ordem cronológica lista os cursos em andamento, ou já concluídos, do mais antigo ao mais atual. Já o modelo cronológico reverso, do mais atual ao mais antigo.

O formato cronológico reverso é o padrão usado pela maioria das pessoas. 

Nele, a vantagem é que a experiência do candidato ganha destaque quando os dados são inseridos em ordem cronológica da última para a primeira formação. 

A estrutura de um currículo perfeito 

Para quem quer colocar que está cursando faculdade no currículo, o documento perfeito precisa comportar, de preferência, a seguinte estrutura: 

  • Nome, título, informações de contato e dados pessoais corretos; 
  • Resumo atraente e objetivo, que estimule o recrutador a ler todo o conteúdo; 
  • Experiência profissional, formação educacional, habilidades, idiomas, certificações, prêmios e honras, trabalho voluntário, principais interesses; 
  • Layout agradável, com tamanho de, no máximo, uma página; 
  • Inclusão das palavras-chave, para vencer os sistemas de rastreamento de candidatos. 

Confira algumas dicas para melhorar ainda mais a sua apresentação profissional no currículo: 

  • Use palavras de ação (estudo, projeto, avalio, analiso) e palavras-chave; 
  • Escolha formato e layout que mais se adaptam às suas qualificações; 
  • Valorize suas realizações;
  • Personalize o título sempre de acordo com a descrição da vaga; 
  • Use marcadores para realçar informações importantes; 
  • Revise o currículo para evitar erros ortográficos ou gramaticais. 

Um currículo perfeito é aquele que vem acompanhado de uma carta de apresentação. Isso aumenta as chances de o candidato conseguir a oportunidade desejada. 

Conte resumidamente a sua história profissional, objetivos e os desafios que levaram você a se candidatar para determinada vaga. 

Outra parte do currículo que contribui bastante para a seleção de um candidato é a carta de recomendação, muitas vezes requisitada pelas empresas que estão recrutando.

Como colocar que está cursando faculdade no currículo

Além da graduação, quais tipos de curso devem ser incluídos no currículo? 

A última parte do seu currículo deve ser destinada a informar alguns dados que não puderam ser inseridos ao longo do documento. 

Esse é o caso dos certificados, workshops e demais cursos que o candidato tenha feito no decorrer de sua carreira profissional.  

Portanto, separe um tópico apenas para falar sobre isso. 

Mostre suas especializações e o seu domínio acerca de determinados temas. Porque todo o conhecimento adquirido pode ser visto com bons olhos pelo recrutador. 

A dica para estruturar suas certificações é começar a lista por ordem cronológica, ou seja, do mais antigo para o mais atual. 

Além disso, mantenha um padrão na hora de criar listas e passar seu histórico profissional. 

Isso facilita o entendimento do recrutador, aumentando a sua chance de ser chamado para uma entrevista. 

Educação de qualidade para chamar a atenção dos recrutadores 

Sem dúvida alguma, o recrutador sempre vai olhar no currículo qual é a faculdade que o candidato está cursando e se ela oferece uma educação de qualidade. 

Então, se você quer chamar a atenção dos recrutadores, uma graduação pelo EAD UCPel, pode ser uma ótima oportunidade. 

Trabalhamos fortemente com três principais características: 

  1. Temos 700 empresas parceiras para oportunidades profissionais;
  2. 79% dos nossos estudantes estão no mercado de trabalho;
  3. Apresentamos índice de satisfação de 82% entre os estudantes. 

Conheça todos os cursos de graduação oferecidos e invista na sua jornada profissional! 

E agora que você já sabe como colocar que está cursando faculdade no currículo, conheça o nosso Guia do Estágio: importância, currículo e entrevista.

Também dê uma olhada neste conteúdo sobre os direitos dos estudantes!

Nova call to action